Os diáconos, assim como os pastores, têm por função principal o cuidado das ovelhas de Jesus.

Devemos entender, em primeiro lugar, que diaconia não é função eclesial, mas ministério de pessoas que possuem um dom especial, conforme veremos a seguir:

  • A palavra MINISTÉRIO citada em Efésios 4:11 provêm da palavra grega “DIAKONOY”, que quer dizer SERVIÇO.
  • É a confirmação de um dom espiritual, a vocação ministerial, conforme podemos ver em Rm 12: 5-8, que são os chamados dons motivacionais.
  • À vista da definição dos cinco ministérios, podemos entender que o ministério da diaconia se equipara ao ministério pastoral, mas num outro nível, numa outra dinâmica. Para entendermos melhor esta vocação ministerial e seu exercício, vemos a seguir como se originou este ministério e suas diferenças para o ministério pastoral.

 

ORIGEM

Estudiosos do Novo Testamento, como veremos a seguir, dão considerável atenção à escolha dos sete (At 6:1-6), pois veem aquele ato como um precursor histórico de uma estrutura mais desenvolvida da igreja (Fp 1:1; I Tm 3:8-13 – que são as duas referências específicas ao ofício de diácono).

As mulheres também exerciam a função de diaconisas. Por causa do grande número de mulheres convertidas (At 5:14; 17:4), as mulheres atuavam na área de visitação, instruíam sobre discipulado e assistiam no batismo. Em Rm 16:1,2, lemos que Paulo elogiou Febe por ser uma ajudadora no serviço da igreja de Cencréia. A diaconia bíblica não se caracteriza por poder e proeminência, mas por serviço ao próximo, por cuidados pastorais. Em Atos 6:1-6, observamos a instituição dos primeiros diáconos pelos apóstolos de Jesus.

Os diáconos, assim como os pastores, têm por função principal o cuidado das ovelhas de Jesus. Devem ter qualidades de caráter que os diferem dos demais crentes. Devem conhecer e ter intimidade com Deus, e terem a mente de Cristo (1Co 2: 16). Possuir sabedoria para tratarem com as pessoas e não se envolverem em contendas. Terem consciência que a autoridade espiritual que exercem na igreja os coloca em serviços ao próximo.

 

Aux. Pr. Francisco Prutki